Nota da Comunidade

Baseada em 120 avaliações

Nota da Crítica

Baseada em 12 avaliações

Nota Agregada

Baseada em 132 avaliações

Compartilhe:

Ficha Técnica

Editar
Nome
The Elder Scrolls V: Skyrim
Lançamento
Plataformas
Microsoft Windows Nintendo Switch PlayStation 3 PlayStation 4 Xbox 360 Xbox One
Gênero
RPG de Ação
Temas
Fantasia Medieval
Características
Crafting Mundo Aberto
Modos de Jogo
Um Jogador
Desenvolvedora
Bethesda Game Studios
Publicadora
Bethesda Softworks
Franquia
The Elder Scrolls
Classificação
18 anos

The Elder Scrolls V: Skyrim

18 anos RPG de Ação Bethesda Softworks 2011

The Elder Scrolls V: Skyrim, quinto game da série de RPG medieval da Bethesda, se passa 200 anos após os eventos de Oblivion. Uma guerra civil se instalou após o assassinato de um dos reis, enquanto o deus Alduin, em forma de dragão, surge para destruir o mundo. O jogador deve derrotá-lo e impedir a destruição de Skyrim. Além de uma nova e poderosa engine, que promete gráficos excelentes, o jogo vem com melhorias na interface e um sistema de combate aperfeiçoado.

Critérios de Avaliação

Critério Nota
Áudio
Visual
Jogabilidade
Campanha
Diversão

Análises

Avalie o jogo para escrever uma análise

Foto de Pedro Rocha Pedro Rocha Vaz
no
Win
há 3 anos
Com gráficos muito bem feitos, e jogabilidade simples, esse open world RPG é uma obra prima da série. Apesar dos fãs de Morrowind e Oblivion ficarem "mordidos", Skyrim é mais complexo, o jogo roda mais suave, e os controles e a jogabilidade em geral são melhores. Ponto alto do jogo é o seu Lore, com um folclore imenso, deixando a imersão muito maior do que a de seus predecessores e concorrentes. Ponto baixo do jogo são os bugs, variados, irritantes e muitos deles jamais corrigidos pela desenvolvedora. De qualquer forma vale a pena ser jogado, principalmente no PC, onde pode-se com facilidade achar addons grátis com quests, melhoramentos estéticos e etc.
Foto de miguezin miguezin
no
Win
há 1 semana
Muito bom provavelmente a Bethesda nunca mais faça um jogo igual a esse o mundo tem uma liberdade gigante tem momentos que eu tô fazendo uma explorada pelo mapa e sem perceber tô entrando em uma caverna ou matando um dragão as casas, e as lojas as vezes tem um interior repetido mas em compensação todas as casas são possíveis de entrar também tem a guerra que vc pode escolher um lado tem também a guilda dos ladrões e mais coisas se vc nunca jogou jogue vc não vai se arrepender.
Foto de Marco Schuster Marco Schuster Lima
no
360
há 3 anos
De 0 A 10,este jogo merece 11. Sem duvidas uma obra prima, acabei ele agora e estou sem palavras, Descrever este jogo é algo dificil para mim, pois terminei ele e fiquei pasmo. Sem dúvidas oque mais me impressionou foi a ligação do personagem, me sintia como se eu fosse o DragonBorn, Me sintia como "Dohvakiin",Tanto que peguei um laço com o personagem, outra coisa que me impressionou foi "Como um personagem que nem falas tem co segue ser tao carismático", Talvez o'que Bethesda quis dizer é que nos somos o personagem, nos todos temos um "Dovahkiin" Dentro de nos, todos nós podemos ser heróis dentro Do jogo, Todos nós temos uma conexão com nossos personagens . Alem de tudo é um jogo vivo, voce percebe que a soundtrack foi feita com vontade, É um coisa do coraçao é algo incrivel, sem dúvidas.. Sem contar a música que toca quando voce esta matando dragões, Puta que pariu que soundtrack foda! Me sentia muito mais motivado a jogar quando tocava a "Dragonborn music". Fora as magias extraordinrias, Lendárias! Com outra boa sacada, o famoso "FUS RO DAH!!! ",Ge-ni-al!. Enfim, De 0 A 10, Minha nota é 11, Ja disse Tudo.
Ler todas as análises (14)

Nota do Game

Nos acompanhe!