Nota da Comunidade (40)

35
4
1

Compartilhe:

Ficha Técnica

Editar

Nome

Days Gone

Lançamento

Plataforma

PlayStation 4

Gêneros

Ação & Aventura, Sobrevivência

Temas

Pós-Apocalíptico, Terror

Características

Mundo Aberto

Modo de Jogo

Um Jogador

Desenvolvedora

SCE Bend Studio

Publicadora

Sony Computer Entertainment

Classificação

16 anos

Days Gone

16 anos Ação & Aventura Abril de 2019 - Sony Computer Entertainment

Days Gone se passa dois anos após uma pandemia mundial devastadora. Jogue como Deacon St. John, um caçador de recompensas que enfrenta uma batalha brutal pela sobrevivência e procura um motivo para viver.

Notas Agregadas

Nota da Comunidade

Baseada em
40 avaliações

Nota da Crítica

Baseada em
14 avaliações

Nota Agregada

Baseada em
54 avaliações

Critérios de Avaliação

Critério Nota
Áudio
Visual
Jogabilidade
Campanha
Diversão

Notas por Plataforma

Plataforma Nota Total Distribuição
PS4 PlayStation 4
40
35
4
1
Exibir plataformas sem nota

Análises

Avalie o jogo para escrever uma análise

Foto de Amilcar de Amilcar de Oliveira
no
PS4
há 4 meses
Jogo prometia muito, mas, no final, criou um mistura não tão competente de Horizon Zero Dawn e RDR2, em uma ambientação pós apocaliptica. Inclusive, se comparado a esses dois clássicos, deixa a desejar em gráficos, som, jogabilidade e diversão. É que as vezes fica um pouco repetitivo/cansativo, pois as missões são quase sempre as mesmas e não há muito o que se fazer/interagir no mundo aberto. (Fiquei mal acostumado com RDR2). De fato, a gameplay não é muito variada. O jogo possuía bugs, mas sua maioria ja foi consertada em patches de atualização. Hoje, não encontro quase mais nenhum. Outro problema é a queda de FPS, que ocorre com frequência. Por outro lado, a historia é muito boa e os personagens extremamente carismáticos, o que garante muitas horas de jogatina. A medida que vc avança no jogo, ele se torna melhor. Sem perceber vc vai pegando gosto pelo game, que tem um início meio travado. A melhora se dá ao enredo, ao sistema de progressão, ao ganho de habilidades e às novas armas. Se vc for fizer tudo o que o jogo oferece, gastará mais de 60h no gameplay. Quando achar que o jogo esta acabando...surpresa: la vem mais jogo. Ser um jogo longo é um ponto positivo. Enfim, os destaques ficam por conta da história (que é muito boa), para as ótimas interpretações, para a durabilidade do game, para o enorme mapa e, principalmente, para as hordas de freakers, que garantem um emocionante desafio. Se vc curte um jogo longo de mundo aberto, ambientação pós apocalíptica e zumbis, pelo preço certo vale a pena experimentar. Hoje, após finalizar a campanha e fazer todas as missões secundárias, considero Days Gone um bom jogo, que vai te surpreender com o tempo.
Foto de Abranches Julian Abranches Julian
no
PS4
há 5 meses
Days gone prometia e não era pouco. A imprensão que a Bend Studio deixou é que não conseguiu finalizar o game. Além de todos os problemas técnicos, de bugs (legenda traduzida errada, som que não sai, travamento de tela, missão que não inicia), o game é repetitivo e não é pouco repetitivo, é muito, você precisa fazer as mesmas missões (essas que intercalam entre principal e secundária) um monte de vezes até entediar, onde em alguns casos é usada as mesmas frases prontas em algumas atividades pelo mundo aberto; esse que é vazio e sem vida. Algumas coisas dão a impressão que não foram bem executadas apenas jogadas ali. Nem a originalidade da criação das hordas e do carisma de Deek conseguem fazer Days Gone brilhar. Se você se contenta com uma campanha mais do mesmo onde a maioria dos seus objetivos vai ser ir em busca de alguém que sumiu ou sair exterminando acampamentos inimigos; DG é uma boa pedida, e vai ter proporcionar diversão. Agora se você curte algo com mais brilhantismo, criatividade e dinâmica definitivamente em poucas horas você vai se sentir entediado e de saco cheio. Longe de ser um game excelente e bem desenvolvido.
Foto de Otone Moraes Otone Moraes
no
PS4
há 3 dias
A perfeição passou bem perto de Days Gone. A história prende, embora as missões sejam repetitivas. O jogo em si é curto. Depois da linha principal ser concluída, se sente falta de ver a Sarah em algum acampamento. Na jogabilidade, o sistema de mira não te ajuda muito, tornando o jogo mais real. Ninguém acerta todos os tiros em uma situação de pavor. A moto é um jogo a parte. Nenhum jogo de moto consegue passar a veracidade do veículo como em Days Gone. Menos mal que o pessoal da Bend Studios foi camarada e não colocou freios independentes, senão seria terrível, embora perfeito. Se saírem dlcs no futuro, vai ser o melhor jogo de apocalipse zumbi da história. Por enquanto, ainda falta histórias para contar nos belos pontos turísticos do Oregon.
Ler todas as análises

Nota do Game

Nos acompanhe!