Análises curtidas por Nota

825 análises

  • Bom jogo! 1. Graficamente muito bonito, vários planetas e lugares diferentes no espaço, tudo bem ambientado 2. O áudio do jogo e seu ponto forte, principalmente sua dublagem e interação entre os personagem, além de seguir com uma trilha sonora impecável 3. Alguns bugs no jogo e uma jogabilidade um pouco repetida, mais tirando isso um grande acerto da Square Enix


  • Bom jogo! 1. Jogo com ótima historia, bom desenvolvimento dos personagens e narrativa bem única 2. Jogo visualmente é bem bonito, consegue atrair e cumpri suas expectativas, além de ter uma boa trilha sonora e bons efeitos visuais. 3. O grande problema em volta do jogo é sua jogabilidade que é bastante simples e enjoativa, porém condizente com o que a historia quer passar.


  • Um dos melhores jogos deste estilo nos ultimos anos, arrisco a dizer que é um novo Ori. Melhor que muitos AAA Que decepcionaram em 2023, voces sabem de quais estou me referindo pessoal! Abraços ao site maravilhoso e aos participantes

  • Capa de Cocoon Foto de Gui3094 Gui3094 para Cocoon
    no
    XSX
    há 4 meses

    Melhor jogo de 2023, puzzles divertidos de decifrar, diversas mecanicas que vão se aprimorando no decorrer do game, arte belissima, conforme vc vai jogando você ve a grandeza desse jogo, ótimas boss fights, simplesmente jogue.

  • Capa de EA Sports UFC 4 Foto de Marçal Marçal para EA Sports UFC 4
    no
    PS4
    há 5 meses

    Bem mediano, comparado ao último chega a ser ruim. Os bonecos dos lutadores nem sempre respodem bem e de brinde as lutas bugam muito, principalmente quando o boneco leve um knockdown ai muitas vezes tive problemas de câmera também. O que diverte mesmo é jogar com um amigo ou o online, isto se você não achar algum doido que joga isto provavelmente o dia inteiro. Mas até que dá para se divertir.


  • Este é o segundo jogo da saga que iniciou o processo de consagração de Naruto como um dos principais nomes na indústria de games baseados em anime. Lançado em 2004, possui diferenciações pontuais, mas muito interessantes em relação ao seu antecessor. Os destaques ficam para o modo história com elementos de RPG (mas movimentação no estilo sandbox), design refinado dos personagens em um estilo gráfico de cel-shading bem característico (se comparado aos demais jogos da franquia, com exceção do antecessor, que é bem parecido, porém mais limitado, obviamente), aumento na quantidade de personagens jogáveis, e combate mais balanceado até do que o de seus sucessores, por incrível que pareça. Possui duas versões, sendo uma japonesa e outra para a América do Norte. As diferenças entre elas ficam para o modo de vídeo de cada uma (relevantes para as especificações do PS2) e a quantidade de personagens jogáveis (um pouco maior na versão japonesa). Os gráficos, hoje em dia, ficam especialmente lindos se experimentados através de emulação do Playstation 2 em PC (e as especificações do computador para este jogo não precisam ser muito altas), mesmo considerando que, em sua plataforma original, o jogo já era muito bonito. Um dos primeiros que joguei, e pelo qual tenho um carinho muito grande.


  • Este jogo vem com a proposta de servir como um porte da saga Ultimate Ninja (consagrada entre os jogos de luta no PlayStation 2) para o portátil da Sony. Isto posto, o jogo cumpre exatamente o que promete. Possui bem menos conteúdo (em termos de história, por exemplo) se comparado ao Ultimate Ninja 2, que é o mais parecido com ele em termos de jogabilidade e personagens. Nesses quesitos, pode ser considerado um excelente jogo para os fãs da franquia que curtem os jogos de PSP (emuláveis hoje em dia, em multiplataforma).

  • Capa de Resident Evil 3 Foto de Lucas Agrelli Lucas Agrelli para Resident Evil 3
    no
    PS4
    há 5 meses

    Não tive a oportunidade de jogar o clássico por não ter tido acesso aos consoles e jogos à época.... então, esse é um relato de quem começou a jogar pelo RE4 e se apaixonou inteiramente pela série de jogos desde então. Tenho muita vontade de conhecer os jogos clássicos anteriores ao 4, e decidi jogar os novos remakes do 2 e do 3, e ao contrário do sentimento de medo e tensão que sentia a cada perseguição do T-103, o sentimento de exploração e back tracking, e o sentimento de realmente estar sozinho, apavorado e por vezes querendo quitar do jogo pelas altas cargas de tensão, no 3 não tive o menor sentimento de estar em risco ou em conexão com o personagem como no antecessor.... em alguns momentos, senti como se estivessem me chamando de idiota por puzzles tão fracos e caminhos nítidos e totalmente scriptados (único momento realmente fluido e que manteve uma vibe gostosa foi durante a exploração do Hospital). O que mais realmente me incomodou foi a facilidade e imediatismo de tudo em cerca do jogo. Simplicidade é bom, mas quando beira o pouco caso já é esculacho.... Sobre aspectos técnicos, tirando o péssimo stalker que fizeram com essa adaptação do nêmesis (apesar do lindo visual), não há do que se reclamar. Jogabilidade fluids, visual lindo (sou apaixonado com as locações da NEST e delegacia do 2, e a ambientação de Raccoon City neste ficou realmente muito bonita), áudio bacana (apesar de sentir falta de uma trilha sonora marcante que acho que encaixaria muito bem....). Esteticamente, lindo. Como campanha, parece mais uma DLC do 2 de tão raso....

Entre no nosso servidor do Discord