Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

Ação & Aventura Konami 2015

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain é um jogo de ação-aventura furtiva e coloca o jogador novamente no controle de Big Boss, soldado também conhecido como Naked Snake. O jogo se passa em 1984, com a Guerra Fria como plano de fundo, continuando a criar uma crise mundial. A Jornada de Snake o leva para um mundo onde ele é impulsionado pela necessidade de vingança e a perseguição do grupo da sombra, XOF. O jogo continua a explorar ambiciosamente temas maduros como a psicologia de guerra e as atrocidades que resultam daqueles envolvidos nesse ciclo vicioso.

Critérios de Avaliação

Critério Nota
Áudio
Visual
Jogabilidade
Campanha
Diversão

Avaliadores

Ver todas as avaliações (73)

Notas por Plataforma

Plataforma Nota Total Distribuição
PS4 PlayStation 4
36
34
1
1
Win Microsoft Windows
14
13
1
One Xbox One
10
10
PS3 PlayStation 3
9
8
1
360 Xbox 360
4
4
Exibir plataformas sem nota

Análises

Avalie o jogo para escrever uma análise

Foto de Nilson Silva Nilson Silva
no
PS3
há 2 meses
Jogo muito bonito graficamente, nos faz criar a base e fortalece-la para poder dispor de melhoria de armas e equipamentos, os parceiros do jogo, quiet e D dog sao bem úteis. Mas o que peca é o fato de ter perdido sua caracteristica principal do MGS que são as cutscenes que mais parecem um filme que explicam toda a trajetória do protagonista bem como suas missões, ao inves das longas cutscenes, colocaram cutscenes pequenas e as fitas que eu nem tenho paciencia pra ficar tocando, escutando e tentando entender a historia. se ja é dificil de entender a historia de mgs por video imagine por fita. As missões são legais, embora se repita muito a questao de eliminar alguem ou resgatar alguem.
Foto de Vinicius Vinicius
no
360
há 4 anos
O jogo pode ser bom no começo, mas ao decorrer das missões, vocÊ vai começar a enjoar de certeza. Para mim, não valeu a compra.
Foto de BIG BOSS BIG BOSS
no
PS4
há 3 anos
Vamos pelo inicio: o gráfico é maravilhoso, a dublagem é de qualidade, ele esta todo legendado em pt-br, as missões são muito divertidas até certo ponto, pois depois de um tempo fica repetitivo, tanto as da campanha como as paralelas, e depois da missão 33 acho, o jogo te "força" a refazer as missões antigas, só que em um modo mais difícil, sendo extremo, furtividade total e sub-existência. O jogo ser mundo aberto ajuda muita na infiltração e na espionagem, os inimigos são espertos,se escondem, chama reforços (e como chamam) flanqueiam, se comunicam por qualquer coisa, se ouvirem um barulho, se te virem de relance, o que deixa o jogo mais difícil e desafiador,o que é ótimo, os games estão vindo muito fáceis, precisamos de jogos mais difíceis. A trilha sonora é espetacular, muito bem selecionada, a unica coisa que não gostei foi do controle do cavalo, não que seja ruim ou não responda, é ótimo, mas não é muito real, mas isso não atrapalha em nada o jogo, nem reduz sua nota, o on-line é bom, mas eu não joguei muito, e sobre bugs, só aconteceu comigo 1 vez, em que a arma estava voando na mão do inimigo, mas só vi uma vez em mais de 50 horas de jogo, e por falar nisso, eu levei cerca de 55 horas pra zerar o jogo, isso só a campanha, se quiser o 100%,,s erão umas 170, 200 horas
Ler todas as análises (8)

Nota do Game

Nos acompanhe!