Análises curtidas por Lian

56 análises
  • Capa de Chrono Trigger Foto de Cauã Lisboa Cauã Lisboa para Chrono Trigger
    no
    And
    há 3 meses

    Um dos melhores JRPG para quem está começando, divertido e com uma trilha sonora ótima, como todo o game tem seus defeitos que é se perder em certos momentos na história, porém os personagens tem um carismo suficiente para querer jogar mais de uma vez, e o mais relevante está jogo faz você se divertir coisa que parece que os jogos atuais andaram esquecendo.


  • Um ótimo game para quem está interessado em um Metal Gear um pouco diferente em certos aspectos, a história é bem genérica porém ela se destaca com momentos digamos no lugar certo e na oportunidade mais viável as cutscenes são ótimas e bem elaboradas, sua trilha sonora é muito boa de se ouvir, os chefes tem o desafio no nível certo para mim, sua jogabilidade é bem única e envelheceu explendorosamente bem, para quem quer um Hack N' Slash bem divertido este é uma ótima opção.

  • Capa de Bayonetta Foto de Cauã Lisboa Cauã Lisboa para Bayonetta
    no
    360
    há 3 meses

    Tá aí um game que consegue fazer algo que eu não sentia com outros games a muito tempo me divertir, a maioria foca de mais em história e acaba se esquecendo que se divertir em um jogo voltado para o casual é o que importa, ele tem uma trilha sonora muito boa e uma jogabilidade bem inovadora com estilos que não se vê sempre e possui uma protagonista bem desenvolvida sendo ela minha segunda personagem feminina preferida e sinceramente dêem uma chance não irão se arrepender.


  • Apesar de ficar esquecido pela comunidade por conta do seu antecessor, este aqui consegue fazer você se sentir na pele do personagem e mescla até mesmo NPC's de uma forma bela e artística muito divertido e acima de tudo possui uma mecânica muito boa tendo até hoje na minha opinião as melhores sidequests da sua franquia, muito divertido e envolvente super recomendo.

  • Capa de The Last of Us Foto de Luiz Gustavo Luiz Gustavo para The Last of Us
    no
    PS3
    há 5 anos

    The last of us é um bom jogo, mas foi muito superestimado pela mídia especializada. O jogo não apresentou nenhuma nova característica do que já estamos habituados a ver no mundo dos games. Sua introdução é belíssima. Mas a trama vai perdendo seu encanto ao longo da campanha, ficando bastante morno e tornando a jogabilidade repetitiva. A inteligência artificial dos zumbis é outro ponto fraco do game, caindo mais uma vez no fator repetitividade. Outro defeito do jogo é o áudio. Em certos pontos do game, você quase não consegue ouvir a voz de um personagem bem ao seu lado! No entanto, a trilha sonora é ótima. Dou destaque ao modo multiplayer, que é ótimo, e foge da mesmice que os outros jogos apresentam. Em geral, é um ótimo game. Mas não vale mesmo 10/10 como dizem por aí.


  • GTA V é um ótimo game pra quem gosta de se divertir em free roam ou com seu conteúdo online. O ponto alto do jogo é a cidade de Los Santos (baseada em Los Angeles) que é simplesmente viva, passando uma incrível sensação de realismo em que você não enjoa de ficar vagueando na cidade de carro, como exemplo. No entanto, a campanha tem uma história meia boca. Como as "crianças" gostam do Trevor, falam que a história é excelente (me dê um favor). Vale ressaltar, positivamente, a adição do modo em primeira pessoa no PS4 e Xbox One, que funciona muito bem. Porém, os controles do jogo não são nada precisos ao dirigir automóveis, aviões, helicópteros... GTA V é um game perfeito pra quem quer tirar um tempo de lazer, assim como nas edições recentes de Just Cause, que o prazer é em explodir coisas. Mas o game é extremamente superestimado para um 10/10. Se você estiver interessado na campanha single-player, você não estará mal-servido, mas não vá com altas expectativas.

  • Capa de FIFA 21 Foto de Ricardo Ricardo para FIFA 21
    no
    One
    há 11 meses

    O jogo e muito ruim, uma cópia do FIFA 20 chuva de gols, defesa derrepente para e vc fica assistindo os atacantes lá dentro do gol, joguei 5 partidas e teve 4 penaltys, coloca dois pontas rápidos e corre pronto gol. Quem gosta desse JG, nunca jogou bola na vida.


  • Batman Arkham Knight apresenta a ótima jogabilidade que já estavamos acostumados com a série. Os gráficos também são ok. A novidade fica por conta do Batmóvel que, por ironia do destino, estraga totalmente a experiência com o game. Os combates contra tanques inimigos são forçados durante toda a campanha, tornando-se entediante. O número de cenas de investigações foram reduzidas em relação as edições anteriores. Também vale ressaltar que não teve uma única batalha contra um chefe. Decepcionante.

Nos acompanhe!