The Last of Us

Ação & Aventura Sony Computer Entertainment 2013

O que parecia ser um simples fungo tornou-se um pesadelo. Antes algo que atingia apenas pequenos insetos, o fungo passou a se alastrar aos humanos, se acomodando em seus cérebros e fazendo com que perdessem a razão, ficando extremamente violentos e insanos. Vinte anos depois da primeira infecção, o mundo está totalmente mudado. Pessoas vivem em cidades devastadas e fechadas, tentando garantir sua própria sobrevivência em meio a escassez de comida, água e medicamentos. Quanto mais tempo se passava, mais os fungos se desenvolviam nos infectados, criando verdadeiras aberrações e cada vez mais mortais. Um verdadeiro cenário pós-apocalíptico aguarda Joel e Ellie. Joel é um homem que viveu o começo de todo este pesadelo, agora calejado pela vida de sobrevivência contra os infectados. Ellie é uma garota de 16 anos que nasceu neste mundo já devastado e desconhece muito do que fora antes. Agora ambos devem partir em busca de uma pista da possível cura para a infecção, a grande esperança de toda a humanidade.

Critérios de Avaliação

Critério Nota
Áudio
Visual
Jogabilidade
Campanha
Diversão

Notas por Plataforma

Plataforma Nota Total Distribuição
PS3 PlayStation 3
151
145
4
2
Exibir plataformas sem nota

Análises

Avalie o jogo para escrever uma análise

Foto de Pedro Andrade Pedro Andrade
no
PS3
há 4 anos
Análise do BOSS... Pontos positivos: O enredo é brilhante, com ressalvo de alguns clichês, é com certeza uma história sólida e bem envolvente, o gráfico é sem dúvida o melhor da geração, pelo nível de detalhes e pela beleza dos cenários e personagens, a jogabilidade é bem elaborada, os comandos respondem com precisão e até jogadores menos experientes se dão bem com os comandos. Pontos negativos: A aposta da Naughty Dog no áudio dinâmico não foi bem aceita pelos gamers que não jogaram o jogo com o devido equipamento de som ou fones, a proposta era pra quando você estar de costas pra um personagem, o som vir por trás e em um volume menor do que quando estivesse pela frente, mas não ficou muito claro isso, ficando quase inaudível algumas falas. Outro ponto fraco são os tiroteios repetitivos, e a AI dos inimigos quase que inexistente. O jogo foi sem dúvida um dos melhores exclusivos da Sony, sendo merecedor de toda a repercussão que causou na comunidade gamer. Abraços, BOSS!
Foto de Eduardo Franco Eduardo Franco
no
PS3
há 4 anos
The Last of Us Sem dúvidas um dos melhores games que já joguei na minha vida, excelente gráfico, muito bem detalhado, trilha sonora incrivel, uma ótima dublagem (PT-BR), porém o som diminui quando você está de costas para o personagem que esta falando chegando até a ficar sem som e isso acaba sendo um ponto negativo pois você acaba perdendo conversas importantes, tem um enredo lindo e envolvente com excelentes personagens carismáticos inclusive os protagonistas Joel e Ellie e a interação entre os dois. Um de muitos pontos positivos do game é o estilo de sobrevivência, como nos jogos de velha guarda, como por exemplo usar kits médicos e ter munições bem escassas no gameplay, é um game bem difícil mesmo na dificuldade fácil ou normal tem trechos bem complicados de se passar. E para os que ainda não jogaram e pretendem jogar o game, eu recomendo que vasculhem cada canto de cada local do jogo mesmo que o lugar seja extenso, pois é preciso muita paciência para encontrar todos os coletáveis ou até mesmo recursos para utilizar e criar Itens durante o gameplay. É um jogo simplesmente incrível e complexo, muito bem desenvolvido, mereceu cada prêmio ganho e elogios, valeu a pena cada centavo que paguei por ele, recomendo demais esta obra de arte.
Foto de Nicholas Rubim Nicholas Rubim
no
PS3
há 6 meses
Quando vi esse jogo ser anunciado no final de 2011 eu pensei: ``Aff mano, mais um jogo de zumbi.´´, mas quando vi que estava sendo desenvolvido pela Naughty Dog me deu uma ponta de esperança, a produtora é super competente e sabe com o que está mexendo. Pouco antes do jogo lançar eu havia subestimado o game, mas quando vi as notas e a opinião de quem jogou, eu queimei a língua, e quando finalmente pude jogá-lo, realmente era tudo isso que falavam e mais um pouco. Por um bom tempo ele foi o meu jogo favorito da vida. O enredo é brilhante, os personagens não são apenas carismáticos, como mexem com você também, quase como se fossem seus entes queridos, e isso é algo que raramente um jogo consegue fazer, normalmente só se vê em séries ou filmes mesmo. O gameplay é divertidíssimo e é um daqueles jogos que deixa você pensativo após zerar. Sem dúvidas, uma obra prima e o meu jogo favorito do PS3.
Ler todas as análises (19)

Nota do Game

Nos acompanhe!