Critérios de Avaliação

Áudio
Visual
Jogabilidade
Campanha
Diversão

Compartilhe:

Análises (1)

Avalie o jogo para escrever uma análise

  • Foto de Super-EuF Super-EuF
    no
    Arc
    há 3 anos

    Fatal Fury 3 é a continuação da conhecida franquia Fatal Fury e trouxe boas inovações para a mesma. Com uma história melhorada, a trama rola em torno de supostos pergaminhos que dariam superforça a quem os encontrar. Entre os participantes temos a volta de Geese, que havia sobrevivido a uma queda de um prédio em FF1, os novatos Bob Wilson (brasileiro discípulo da capoeira de Richard Meyer), Blue Mary (investigadora americana), Hon-Fu (detetive de Hong Kong), Franco Bash (boxeador dos EUA a procura da liberdade de seu filho), Sokaku (rival do clã shirunai) e os chefes Yamazaki (da máfia também de Hong Kong) e finais irmãos gêmeos da China - Jin Chonshu e Jin Chonrei - que só são acessados se o jogador conseguir boas notas no jogo. Entre os veteranos voltam Terry, Andy Mai e Joe. Os gráficos, músicas e jogabilidade (com combos) melhoraram em relação aos jogos anteriores, porém os golpes ficaram mais difíceis de sair. Não temos mais planos de batalha e sim planos de fuga. Os lutadores podem ser arremessados para fora dos cenários (que estão bem animados e mudam dependendo do período do dia: manhã, tarde e noite) ou contra objetos desde que se acertem os oponentes com determinados comandos/golpes e existem também os Super Golpes Secretos (algo que veio a ocorrer no KoF 2002, ou os Ultra/Clímax atuais) que só são ativados com códigos no início dos rounds. É um bom jogo, porém peca pela baixa quantidade de personagens, dificuldade de se fazer os finais (que são simples) e pelo controle mais difícil. Diante disto tudo ainda vale muito a pena jogar!

Discussões

Seja o primeiro a criar uma discussão

Entre no nosso servidor do Discord