Critérios de Avaliação

Áudio
Visual
Jogabilidade
Campanha
Diversão

Nota da Comunidade

Baseada em 13 avaliaçãos

Compartilhe:

Sobre

Captain America: Super Soldier é um jogo baseado no filme Capitão América: O Primeiro Vingador, mostrando as aventuras do Capitão América contra o Caveira Vermelha e a organização HYDRA por todo o planeta.

Análises (1)

Avalie o jogo para escrever uma análise


  • Escolhi este jogo bem no aleatório, não quis pegar algum de luta ou até mesmo partir para um novo Pokémon. Baixei sem muita esperança que valeria a pena, mas o jogo me surpreendeu, afinal conseguiu acabar ainda mais com as minhas (já bem baixas) expectativas sobre o jogo. Caso seja um fã louco do primeiro filme do Capitão América no universo Marvel (se é que existe), não espere encontrar a história de origem do grande patriota. O jogo começa na guerra com o Herói já tendo os poderes e o tão famoso escudo em mãos enfrentando os inimigos da temida Hidra. Mas ao contrario do filme que o vilão principal é o Caveira Vermelha, neste jogo a vários chefes clássicos da história do heroi, o que ate ativa uma curiosidade sobre quem vem pela frente. Caso você que esteja lendo está análise tenha jogado a trilogia Arkham, sabe o quanto a jogabilidade e combate com o Cavaleiro das Trevas é incrível, com pulos de longo alcance para atacar os inimigos e contra ataques no momento certo. Pois bem, na versão de 3DS do Herói Americano, a jogabilidade tenta, mas não consegue ser tão boa quanto, o combate é bem repetitivo, já que sempre que acerta um ou dois socos o inimigo próximo vem lhe atacar e é preciso contra atacar pra se defender, quase que não é possível efetuar um combo completo quando se tem vários inimigos. Um ponto forte no combate é o uso do escudo tanto para defender ou rebater os tiros, quanto para joga-lo e atingir vários inimigos de uma vez. Mas como era de se esperar, até a melhor das coisas do jogo conseguiram estragar um pouco, afinal por ser um port para o 3DS, não poderia faltar o uso da tela touch, e foi nisso que o uso do escudo ficou ruim em alguns momentos. Algumas lutas contra os chefes até tem uma pequena emoção, mas nada especial já que o jogo tem Checkpoints ao invés de vidas. Não só nas fases, mas também na luta contra os chefes, que nem ao menos são tão difíceis a nível de precisar de uma ajuda dessas. Algo que poderia ser mudado no jogo é o sistema de câmera que nao é tão fácil de utilizar, talvez pelo portátil nao ter um segundo analógico ou por pura preguiça. Neste jogo o jeito de mudar é usando a tela touch, o que para um jogo de ação com combates é difícil e ruim de utilizar. A trilha sonora não ajuda muito pra melhorar o jogo, talvez pelo fato de ser a versão do 3DS que o áudio não é lá essas coisas, mas também foi testado em um fone comum e não mudou muito. A dublagem é feita pelos atores do filme original, o que já dá um toque de nostalgia para os amantes dos filmes. Agora vamos falar da pior parte do jogo, o visual dos cenários e dos personagens. Nesse quesito que o jogo peca mais, os cenários nem ao menos chegam perto do potencial que o 3DS tem, lembram bem mais um jogo qualquer de PS, na época em que o 3D estava começando com tudo, do que os disponíveis em 2011 (ano de lançamento). Agora os personagens, pelo amor, que design feio que fizeram para os inimigos comuns, mestres e até o Capitão. Unica coisa que está bonita neste jogo é o visual do escudo na tela superior no menu inicial, de resto só se conseguir ignorar o quão feio tudo é e pensar apenas em tentar se divertir. Outro detalhe horrível é quando o Capitão está andando e devido aos gráficos estranhos do cenário o personagem anda sem encostar no chão, está simplesmente voando. Só faltou informar a Next Level Games que o Capitão América não voa. Os Extras do jogo são bem normais, algumas Concept Arts dos personagens, tanto dos principais, quanto dos inimigos. No total são 143 artes para desbloquear. Além disso também tem o dossiê de cada personagem que aparece fisicamente no jogo ou como Peggy Carter e Howard Stark que só mostram seus rostos e a voz. Enfim, se estiver em um local fechado, sem conseguir sair, sem Wifi à várias horas e o único console que possui é o 3DS apenas com este jogo, mesmo assim recomendo ler um livro ou dormir, mas se nenhuma das opções estiver disponível, tá na hora de partir pra zerar Captain America Super Soldier (assim como foi comigo).

Nota do Game


Nos acompanhe!