Análises

  • A única reclamação que eu tenho a fazer (e pra mim pesou bastante isso) é que não tem sistema de travamento nas batalhas e isso é horroroso, tendo em vista que é basicamente um jogo de batalha. Vc não sabe se tá batendo na maquina, em qual maquina esta batendo, a camera não fica travada e focada na maquina, daí ela pula em vc e tu tem que se virar pra dar um 360º no analógico... Sério, esse é o único defeito do jogo mas pra mim pesou demais.
  • Capa de League of Legends Foto de diogoBRRN diogoBRRN para League of Legends
    no
    Win
    há 1 semana
    League of legends se caracteriza como um jogo altamente mutável, a partir de um recurso que se tem em muitos jogos conhecido como "meta", que para muitos se caracteriza como algo bom, já para outros algo ruim, para mim particulamente é algo bom, pois assim você consegue conhecer cada ponto do jogo seja os champions, as runas e os itens. Outro ponto que muitos criticam do LoL mas que especificamente em meu ponto de vista é algo bom, é o seus gráficos que segue uma linha mais "cartunesca" e antiga, só não dei 10 na minha avaliação pois o do dota 2 é melhor. No geral, LoL é um jogo que instiga o competitivo, e que se você começar a jogar excessivamente vai ficar com um desejo imensurável de cada vez ter um ELO maior, portanto jogue mais com amigos, faça algumas brincadeiras e zoeiras, que vai ser bem melhor que se tornar um grande viciado como eu(rsrsrs).
  • Capa de Outlast II Foto de Amilcar de Amilcar de Oliveira para Outlast II
    no
    PS4
    há 1 semana
    Interessante proposta. Jogo de terror linear e em primeira pessoa. Escuro, tenso e angustiante, vc deve, apenas, fugir e se esconder de uma seita satânica. Sim, vc não ataca ou se defende. Apenas foge ou se esconde. No entanto, é desafiador e garante grandes sustos, se jogado à noite e com bons fones de ouvido. Gráficos e sons muito bons. Campanha legal e jogabilidade limitada. Pelo preço certo, vale a pena testar.
  • Capa de Horizon Zero Dawn Foto de Thiago Porto Thiago Porto para Horizon Zero Dawn
    no
    PS4
    há 1 semana
    Com um som e gráficos excelentes este jogo nos impressiona basicamente em tudo, seja em sua história ou qualidades técnicas, as batalhas contra robôs são maravilhosas, contra humanos boas e contra ambos uma bosta, enfrentar humanos e robôs bé uma verdadeira bagunça, mas isso não tira o brilhantismo de todo o resto dentro desse jogo.
  • Visualmente este jogo é demais, trilha sonora é demais, jogalidade é demais, esse jogo é demais, não tenho oque falar, exceto que não me prendeu tanto pelo fato de ser um pouquinho repetitivo (Caminhada até o Boss) ter alguns Bosses chatos, mas as batalhas são totalmente diferentes oque torna esse jogo em um espetáculo.
  • Capa de Until Dawn Foto de Thiago Porto Thiago Porto para Until Dawn
    no
    PS4
    há 1 semana
    Um jogo de terror de escolhas? Muito interessante. Bom primeiramente quero dizer que a narrativa é boa, apesar de ser clichê esse negócio de adolescentes em uma cabana no meio do nada, jogalidade é legal e as escolhas são bem trabalhadas, tem gráficos e trilha sonora ok, e uma boa mescla de personagens, oq torna o jogo muito bom.
  • Capa de Battlefield V Foto de Thiago Porto Thiago Porto para Battlefield V
    no
    PS4
    há 1 semana
    Com gráficos ok, boa trilha sonora, e armas maravilhosas, Battlefield™ V nos impressiona com uma ótima campanha single player, onde temos quatro histórias extremamente bem feitas e emocionante e também não tendo só uma visão dos aliados, mas também mostrando que nem todos os alemães eram "vilões" mas que tinham sentimentos e tal. Cada uma das narrativas apresentadas termina de forma brilhante e emocionante, oque faz esse jogo ser muito superior (modo campanha) ao seu antecessor.
  • Graficamente está incrível, muito bem dirigido suas cut-scenes, com ótimas interpretações e com um Mark Hamill no auge da sua capacidade, trilha sonora continua boa, pra mim o que estraga aqui é uma narrativa média, as gameplays com o Batmóvel. O Cavaleiro de Arkham msm sendo importante para a narrativa do jogo é um vilão extremamente bosta.
  • Em jogo seu gráfico é feioso, em cut-scenes são uma obra de arte, confesso que esse jogo tem uma boa narrativa e uma direção de cut-scenes magnífica, cada uma delas me deixavam de queixo caído com a qualidade, mas tirando isso é um jogo que só tem tiro, não é ruim dentro do que tem que apresentar, mas em contexto geral é difícil falar q é ótimo, mas é sim um bom jogo.
  • Capa de Watch_Dogs Foto de Thiago Porto Thiago Porto para Watch_Dogs
    no
    PS4
    há 1 semana
    Watch_Dogs é horrível de se jogar, tem um gráfico mais ou menos, umas missões que resumem em perseguir, fugir ou ir atrás de alguém, o sistema hacker é fraco(mas é interessante um pouco como podemos usar o cenário a nosso favor), as perseguições são um lixo, e a única coisa q esse jogo tem de bom é sua narrativa q é boa, as músicas do rádio e a Clara tbm é boa kkkk.
  • Metal Gear Solid V: The Phantom Pain é um jogo pra quem é fã da franquia e do Kojima (e eu não sou um deles), jogalidade pra mim foi ruim e incomoda durante todo o jogo, seu visual não tem nada muito relevante e suas cut-scenes e enredo são medios, sua campanha é chata e quase que me fez querer desistir.
  • Capa de Battlefield 1 Foto de Thiago Porto Thiago Porto para Battlefield 1
    no
    PS4
    há 1 semana
    Minha análise se baseia somente na campanha single player, bom seus gráficos, áudio e jogabilidades estão excelentes, mas quando se trata de campanha perde muito, nos obrigando a controlar aviões e tanques (oq é horrível para quem não está acostumado) e narrativas fracas e sem muita emoção (destaque para a dos australianos q é boa) e força muito pro lado de coisas da guerra como tanques, aviões, trens e falta uso de armas normais.
  • Capa de Dauntless Foto de Yuri Agustine Yuri Agustine Salvador para Dauntless
    no
    Win
    há 2 semanas
    O jogo tem um ambiente e uma premissa muito boa. Porém peca bastante na diversão, em pouco tempo o jogo se torna massante, com quase nada de novo, os combates são muito "mais do mesmo" que já tem no jogo. Quando você libera uma fase nova e vai enfrentar um novo inimigo, não é diferente dos anteriores, é só bater com os mesmo golpes de sempre.
  • Capa de Contra: Hard Corps Foto de Eduardo Santos Eduardo Santos para Contra: Hard Corps
    no
    Mega
    há 2 semanas
    Frequente nas minhas idas as locadoras nas sextas-feiras após a escola. Pra mim, o grande destaque desse jogo está justamente em sua trilha sonora e jogabilidade extremamente precisa. A história é bacana, mas nada que te faça pensar "UAU, QUE MARAVILHA..." Detalhe: A versão japonesa tem continues infinitos. Bom pra começar.
  • Capa de NBA 2K18 Foto de Hytallo Henrique Hytallo Henrique para NBA 2K18
    no
    PS4
    há 3 semanas
    Pior jogo da série! Seja em jogabilidade, falta de tradução para o PT-BR entre outros aspectos... Simplesmente não dá pra se divertir jogando ele. Os comandos são extremamente complexos, você tem que praticamente estudar jogador por jogador pra intender cada estilo, mesmo assim ainda não é certeza que vai conseguir se sair bem com ele, impossível!!!
  • O único defeito desse jogo é o fato de não podermos despedaçar as carcaças dos demônios, espalhando o sangue, cérebros e vísceras deles por toda a parte. Elas simplesmente se dissolvem, num efeito especial tosco que tenta copiar as mortes dos vampiros no filme BLADE, O CAÇADOR DE VAMPIROS.
  • Um dos melhores jogos do PS4. História foda, mundo gigantesco, muitas quests pra fazer e muita coisa pra explorar. Os únicos pontos negativos são a jogabilidade principalmente quando se está com o cavalo que é meio travada, e as telas de load do jogo são bem demoradas.
  • "Spider-Man, Spider-Man, Does whatever a spider can Spins a web, any size, Catches thieves just like flies Look out! Here comes the Spider-Man" Com está música maravilhosa que começamos nossa pequena análise, vou evitar Spoilers, comentar o mínimo apenas da primeira missão: Tudo de ruim (ou não) começa a acontecer depois que o Spider Man prende o chefão do crime Wilson Fisk, já que afinal, ele controlava a cidade. E como diz aquele velho ditado "quando o gato sai, não entra mosca", não não, "quando o gato sai, os ratos fazem a festa". Um detalhe importante é que Peter Parker já é o Spider Man a 8 anos, então muitos de seus inimigos já existem neste universo. Então não é uma história de origem como sempre é visto nos outros jogos de herói e isso sem dúvidas é um dos pontos fortes. Depois da primeira missão, já é possível ver que o mapa está completamente fechado. Entretanto para liberar precisa achar todas as torres que a empresa Osborn liberou para a polícia da cidade de New York. E claro que conectando as torres com os servidores do Heroi para ter acesso a informações privilegiadas. Cada bairro tipo o Harlem ou até mesmo Hell's Kitchem possuem missões, como as de pegar as mochilas, combater tantos crimes e até mesmo algo relacionado a pombos. Portanto cada bairro tem de 0 a 100% para completar, então se prepare, já que tem várias e demora um bom tempo para conseguir fazer todas e concluir todo o progresso de cada distrito. Vários formatos de crimes diferentes podem aparecer pela cidade, tanto bandidos, ou outros inimigos, são bem variados de acordo com a história. Esses crimes também fazem parte do progresso do distrito. Aliás, podem aparecer a todo momento, basta ficar explorando a cidade que a policia já avisa das ocorrências. São ótimas para conseguir experiência e fichas de crime. Algumas missões a frente, o Spider Man já começa a procurar por suas mochilas. Sendo que cada uma delas possui um colecionavel com memórias de seu início como Herói. No total são 55 Mochilas que o Peter guardava em vários locais da cidade quando era mais novo. Sempre que pegar uma, veja as informações do item, pode conter detalhes de outros heróis da Marvel. Em Marvel's Spider Man existem vários tipos de upgrades, mas para ir os conquistando é preciso pegar "fichas", sendo elas das mochilas, dos centros de pesquisa, de crimes resolvidos, etc. Um dos melhores jeitos de gastar as fichas é com os trajes. No total são mais 30 trajes com estilos e poderes diferentes que o Spider Man já usou nos quadrinhos (32 com os 2 trajes novos do filme Homem Aranha: Longe de Casa). Além disso também é possível usar as fichas nas modificações para ajudar nas lutas, aumentando força, defesa e etc. Aliás, outro grande destaque sobre o jogo são os dispositivos, mas só vai liberando com o passar da história e usa as fichas para Upgrades. Para usar os dispositivos só apertar o L1, o jogo não pausa, só diminui a velocidade (mesmo em lutas) e é possível escolher qual usar. São bem variados, vai de Bomba de Teia até uma Teia Elétrica, tudo para ajudar na hora das lutas. Falando mas lutas, é um show a parte, estão ótimas, com inimigos variados. Sem dúvidas um dos melhores momentos do jogo são as batalhas contra vários inimigos ao mesmo tempo, usando armas, pedaços de ferro, escudos e até os corajosos que vem só na mão, tudo isso ao mesmo tempo. Caso saiba usar o Sensor Aranha com perfeição, as lutas ficam ainda melhores, com o Spider pulando e jogando teias para todos os lados e os inimigos correndo atrás feito louco. Em questão gráfica, não à do que reclamar, tanto os personagens e seus designs estão incríveis. Sem contar o cenário do jogo que é de brilhar os olhos. Além disso, à também os monumentos especiais espalhados pelo jogo que dão ainda mais gosto aos detalhes gráficos, principalmente a "quase impossível" de se ver "Torre dos Vingadores". Por ser um jogo que se passa na ilha de Manhattan com todos os seus prédios enormes, não vai ser difícil achar lugares para se balançar com as teias. Principalmente pelo detalhe que ao contrário dos jogos antigos onde se jogava as teias pro céu sem se preocupar com nada, essa versão realmente precisa de lugares próximos para se pendurar. Aproveitei o jogo inteiro com a dublagem em Português do Brasil, não tenho muito do que reclamar, apenas que em poucos momentos, os pedestre começavam a falar em inglês, mas nada muito ruim que afete a jogabilidade ou história. Gostei bastante da voz do Peter, da MJ, até mesmo da voz do J.J Jameson que deixa qualquer um maluco com seu Podcast, sempre criticando o Spider Man. Aliás, até o momento que foi escrita está análise, o programa já teve mais de 75 edições diferentes com entrevistas e reclamações sobre o amigo da vizinhança. Um detalhe sobre a dublagem que muitos reclamaram, foi o fato do Spider Man ser chamado de Spider apenas, claro que se fosse traduzir algo assim poderia ser ruim. "Hey Aranha", ficaria horrível. Marvel's Spider Man possui mais de 20 personagens principais para a história, sendo que alguns deles são bem utilizados até mesmo nas missões secundárias. Depois de zerar o jogo é ver alguns personagens que apareceram, as chances de ter uma continuação são enormes, principalmente depois de ver as duas cenas pós créditos. Quem tem um PlayStation 4, não deve perder a chance de jogar esta maravilha. É simplesmente fantástico o que a Insomniac Games conseguiu fazer com o jogo. Recomendo tanto para os fãs, quanto para os novatos nesse universo Aranha.
  • Capa de We Happy Few Foto de Gustavo de Gustavo de Barros para We Happy Few
    no
    PS4
    há 2 semanas
    O jogo em si é muito divertido e diferente de tudo mas isso acaba quando o jogo começa a crashar e NÃO PARA. Chega num ponto que não tem como continuar a história por causa dos crashes no PS4. Infelizmente lançaram um jogo inacabado e cheio de glitches e que não para de crashar. Triste, pois o jogo tem muito potencial e a jogabilidade é bacana, que poderia ter sido aproveitado melhor se não fosse os bugs. (EDIT: finalmente arrumaram o jogo e agora é possível jogar sem que o jogo fique crashando em um único lugar específico. Ainda há crashes uma vez ou outra mas nada que atrapalhe muito a diversão.)
  • Jogo muito bom! Os gráficos poderiam ter melhorado um pouco mais, se tratando de uma remasterização, mas sabemos das limitações de passar da plataforma do 3 para o 4. God of War é sempre uma boa pedida para se divertir.
  • Capa de Alan Wake Foto de Angelo BdN Angelo BdN para Alan Wake
    no
    360
    há 1 mês
    Sim, este é um dos meus jogos favoritos... a imersão que ele provoca até hoje é intensa... o efeito de fumaça, névoa, a escuridão... os cenários monocromáticos incríveis... a jogabilidade é outro ponto que colabora demais para esta imersão... você passa a entrar nesse mundo e se importa com o que aconteceu e o que virá acontecer. A campanha acho o ritmo ótimo sem deixar de falas das dlcs The Writer, The Signal e a última é tipo um spin-off American Nightmare. Alan Wake considero um dos maiores sucessos da Remedy, sucesso entre as críticas também devido seu profundo enredo, acompanhado de belos gráficos e um gameplay cativante. Meu jogo nota 10, junto com meu amado Bioshock.
  • Capa de Heavy Rain Foto de Guilherme Prata Guilherme Prata para Heavy Rain
    no
    PS4
    há 1 mês
    Um jogo que seria bom, mas peca em tantos aspectos que, na minha opinião não vale a pena. Os controles são bizarros (andar com R2, às vezes a câmera troca de ângulo e o personagem começa a andar no sentido oposto, quick time events bem fraquinhos e não captam realmente o movimento que você fez), os gráficos bem ruinzinhos (considerando ser um remasterizado para PS4), a trilha sonora é até que boa, a história é razoável porém tem missões cansativas demais.
  • Este é um jogo incrível, com gráficos incríveis, uma história que te prende, fazendo que você, desde a primeira missão, queira mesmo jogar, personagens cativantes, muito bem trabalhados, uma trilha sonora nota 10. O único aspecto ruim que eu percebi são os "quick time events", que, apesar de serem bem legais, às vezes não captam o movimento que você faz no controle fazendo você errar. Outra coisa que outras pessoas podem não gostar são as infinitas possibilidades de história, que podem ser boas ou ruins, mas isso depende das suas escolhas.
  • Se prepare para uma historia LINDA Uma das melhores historias que eu já vi,não vou nem falar se chorei,fiquei com raiva,ou algo do tipo,jogue vocês mesmo essa MARAVILHA super recomendado,nem sabia que ia sair e conquistou meu coração,que jogo maravilhoso

Nota do Game

Nos acompanhe!